Arquivos do Blog

O passarinho persistente

Era uma vez um passarinho, que nasceu em um ninho muito bem construído por seus pais. Logo que sentiu fome, começou a piar e sua mamãe, prontamente, cuspiu papinha de frutas em seu biquinho.

Foi aprendendo que poderia se alimentar de insetos e minhocas também, e que teria que aprender a voar sozinho, um dia, quando também iria procurar pela própria comida.

O tempo passou muito rápido e, quando percebeu, estava em um galho mais baixo da árvore, pronto para a primeira tentativa de voo. A mamãe contou: “1,2,3 e já!” e o filhote abriu as asas e começou a batê-las.

Conseguiu se sustentar no ar, mas não focou em uma direção certa, e acabou batendo no tronco da árvore vizinha. Seu primeiro voo o deixou bem tristinho.

O papai o incentivou, dizendo que ainda era criança e que poderia errar quantas vezes precisasse, até saber voar bem direitinho. Ele ainda deu dicas de como planar e explicou como fazer curvas, inclinando o corpinho.

Mais confiante, o passarinho quis repetir. A mamãe e o papai torciam: “Vai passarinho, vai passarinho…!”

Ele abriu as asas, respirou fundo, olhou na direção de um galho, onde poderia pousar, e bateu as asas rapidamente e com toda força que tinha. Vupt! Caiu no chão, antes de alcançar o galho. Dessa vez, ficou irritado!

Os pais repetiram que precisava persistir, não desistir, que talvez bater as asas mais fortemente no impulso e prosseguir mais devagar ajudaria. Deram um abraço de família e o empurraram do galho.

Ufa! Ele se recuperou e bateu as asas rapidinho, depois devagarinho e… sentiu o vento, que parecia carregá-lo…O passarinho estava voando! Foi aplaudido por todos e ficou muito feliz e agradecido por todo apoio que recebeu, enquanto aprendia essa importante lição!

Anúncios

PROCURA-SE

Procura-sePROCURA-SE

UM AMIGO PASSARINHO

ADJETIVA-SE

O PASSARINHO AMIGO

MODIFICA-SE

O SENTIDO DA EMOÇÃO

AQUECE-SE 

COM A EMOÇÃO SENTIDA

NUTRE-SE

DE FORÇA PARA VOAR

SUBSTANTIVA-SE

O VOO REFORÇADO

PROCURA-SE

CANTOR DESINTERESSADO

CHAMANDO-SE

À DESINTERESSADO CANTO

CLAMANDO-SE

POR EMPATIA DE ACORDES

AFINANDO-SE

OS CHILREIOS AFINS

PRODUZINDO-SE

HARMONIAS AGRADÁVEIS

RECIPROCANDO-SE

CONSONÂNCIAS EM COMPRAZIMENTO

PROCURA-SE

UM INCONDICIONADO AMIGO

ACREDITA-SE

NA AMIZADE INCONDICIONAL

APOIA-SE

AS CONQUISTAS DA VIDA

COMEMORA-SE

A VIDA CONQUISTADA

RESPEITA-SE

A HISTÓRIA DO SER

NÃO SE JULGA

O SER HISTORIADO

ASSIM, EXISTE-SE…