Arquivos do Blog

P de Postagens x Prioridade!

Palavras! Preciso de vocês ainda hoje, neste mês!

Desde o início do blog há, pelo menos, um texto…

Publicado, para seguir a sequência e não ser descortês

Com quem para a ler e perceber este simples pretexto!

Sei que trabalhar com pressa e pressionada não é legal,

Ainda mais a alguém que é sempre gratuita e disponível…

Mas para quem preenche dia após dia a página do jornal,

Há de ser este lance caracterizado comum e previsível!

Explico a razão da sobra de ideias e falta de tempo e energia:

O projeto que se tornou prioridade, o melhor e que mais importa

Depende totalmente e exclusivamente da minha pedagogia…

Para alimentar-se, desenvolver-se com dignidade e com amor

Como merece todo filho ao qual, da vida, o Criador abre a porta…

Ficando, assim, a esperar as postagens deste coração metido a escritor!

Samuka

Anúncios

À minha mamãe Renate

AS PALAVRAS SÃO VÃS…

…MAMÃE, PARA DESCREVER E RELATAR

SEM DESMERECER E DIMINUIR O DAR

CONSTANTEMENTE PRESENTE NESSE VIVER

PRESENTEADO POR DEUS A QUEM O TER

AO SEU LADO DESDE O NASCIMENTO

VIGIANDO E CUIDANDO A CADA MOMENTO

DO TESOURO QUE RECEBEU NA MÃO

PARA O QUAL BOM FUTURO QUER O CORAÇÃO

MUITAS VEZES DOENTE OU CHORANDO

O FARDO DA RESPONSABILIDADE LEVANDO

A TRISTEZA PARA A ALEGRIA CEDENDO

QUANDO VÊ PREMATURO CORRENDO

PRIMEIRAS PALAVRAS E SORRISO

DO DENTINHO AO DENTE DE SISO

SEMPRE EM TUDO LADO A LADO

E ENSINANDO O SER AMADO

À VERDADE QUE LIBERTA SEGUIR

COMO SERVA MOSTRANDO COMO SERVIR

DESSE VERBO, DE DEUS ATRIBUTO, O AMAR…

AH! PALAVRAS QUE AGORA FOGEM

ESCONDEM-SE, EMBARCAM EM VIAGEM

DEIXANDO ANSIOSO E LIMITADO

O CORAÇÃO QUE AGRADECER TEM TENTADO

MAS …AS PALAVRAS SÃO VÃS…

O Ajudador

A DOR NO PEITO

UMA INDEFINIÇÃO.

A ANGÚSTIA POR QUERER,

QUERER SABER,

QUERER CORRER,

QUERER MAIS,

MAIS DE TUDO.

QUERER DESENFREADO,

MUITAS VEZES EGOÍSTA,

DAÍ NÃO SUBLIMADO…

A DOR AUMENTA,

VÊM AS LÁGRIMAS…

COMO SABER?

COMO PEDIR?

O GEMIDO APRENDIDO, 

LOGO DECODIFICADO

PELO AMIGO,

O MELHOR AMIGO:

COMPANHEIRO ESPÍRITO SANTO…

(Escrito em 2002.)

Para cantar: Palavras, com Leila Francieli.

“E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis.” (Romanos 8:26)

♥ ♪ ♫ Escrever! ♫ ♪ ♥

Que vontade de escrever… escrever… e escrever…! 

Uma das melhores professoras do tempo da faculdade, ao ensinar Literatura Infantil, falou sobre o “poder das e sobre as palavras”. Lembro vagamente do que ela falou, mas entendi que esse poder facilita muito a vida, abre mais portas, enfim, é o que praticamente move o mundo…

Dominar as palavras, saber combiná-las e harmonizá-las, enriquecer uma mensagem oral ou escrita, simplificar para atingir o objetivo da comunicação, adequar o conteúdo ao leitor ou ao ouvinte, discursar ou palestrar, enfim, brincar com vocábulos de forma a criar letras cantadas e até poesias: isso é mesmo realizador (!), mas, ao mesmo tempo, desafiador demais…

Os conhecimentos gramaticais, bem como os linguísticos, são necessários; os primeiros para formalizar, guiar-se pelas regras, e os segundos justamente para flexibilizar e tolerar as diferenças nas expressões múltiplas desse poder por parte de outros. Aliás, falando nisso, penso que esse respeito ainda precisa ser assimilado – mas isso é assunto pra outro possível post…

Inventores de versos que conseguem prender a atenção, escritores que provocam o reler e o parar para refletir, criadores de neologismos, com certeza, têm as palavras como suas servas. Viver isso é um sonho precioso, um acalento para a alma, uma canção para os ouvidos… Simplesmente amo escrever e, se necessário, reescrever e fazer os neurônios “fumaçarem” até que as palavras estejam subjugadas ao propósito em vista.

Repetindo o que já se disse inúmeras vezes, tanto a inspiração como o trabalho contam nesse obrar tão profícuo. Acredito que a maior fonte de inspiração é o Criador de tudo e Ele mesmo falou a Habacuque: “Escreva claramente (…), para que se leia facilmente.” Humildemente, peço a Ele que me abençoe nessa tentativa de viver fazendo o que gosto… Quero poder viver do palavrear em caracteres, do pintar do pensamento transversalmente ao ser, pois, para mim, isso é ESCREVER. Ponto final. 😉