Arquivo da categoria: Para os Teens

Vai um cineminha, aí?

Quem ‘tá a fim de assistir aOs Vingadores\o/

Convite digno esse, não é, Alana? Confesso que estou morrendo de vontade de ir ao cinema para conferir esse filme. Os comentários e postagens nas redes sociais dizem que ficou muito bacana e que já é mais um dos batedores de recordes de bilheteria.

O que faz um longa-metragem ser um sucesso desses? Será o lance dos recursos gráficos modernos utilizados, gerando efeitos fantásticos? Sentir o drama da história envolvendo o bem na luta contra o mal, com muita ação e adrenalina? Os super-heróis arrebentando, cada qual com seus valores, com os quais tentamos nos identificar?

Acredito que o ‘mix’ de todos esses ingredientes geram esse resultado milionário e a disposição dos cinéfilos #entenda-se:quemcurtecinema em enfrentar filas e esperar pela disponibilidade dos ingressos e horários, mesmo sem a certeza de rolar o programa combinado no mesmo dia…!

Mais tenso que isso é ir, mesmo sem gostar do gênero, para estar com a galera. Por exemplo, só se estivesse maluca pra gastar tempo e dinheiro com filme de terror! #nuncameconvideplease Mas, sei da importância para a fase ‘teen’ de se viver esse estilo #TamoJunto [ ]  

Isso dá a chance para parcerias que podem durar a vida inteira #entenda-se:amizadereal. A questão mais importante aqui são as escolhas feitas, desde um filme até um negócio mais sério, tipo com quem se casar {♥ ♥ ♥}, pois cada escolha é revelada em ações, as quais tem consequências.

Em uma estatística feita entre adolescentes brasileiros,  #nolinkhttp://cgoulart.tripod.com, a maioria prefere:

  • comer pizza e sanduíches, sempre em companhia dos amigos;
  • comprar em shoppings centers, com um olho na etiqueta e outro no preço;
  • beber coca-cola e guaraná, mas, também, achocolatados e sucos naturais;
  • comprar, se pudesse, uma bmw ou o novo uno, dos nacionais;
  • usar mochila e boné #osmano ou bolsa e perfume preferido #asmina;
  • curtir o som de Justin Bieber, Luan Santana, Demi Lovato, APC 16, Khorus, Barlow Girls, Pâmela etc;
  • “ir na onda” e seguir a turma, influência que se estende até à carreira escolhida.

Quando levei esses dados aos alunos da Classe dos Adolecrentes, da EBD da Pib Caruaru, tendo apenas acrescentado o gosto deles no quesito música gospel não trazido no artigo original, achei super interessante saber que os caruaruenses são diferentes na categoria profissão ou carreira, pois afirmaram que a característica do “ir na onda” não tinha nada a ver com eles e que se sentiam livres para fazer essa escolha!

Obviamente, fiquei feliz d+ com essa postura. 😀 E é exatamente isso que quero incentivar aqui e agora: fique de olho vivo, adolescente, a cada nova escolha = ação = consequencia! Como escreveu o grande Paulo: “O que o homem semear, isso também colherá!” (Carta aos Gálatas 6:7b) E é pra valer: o semear sempre vem antes do colher! E não espere colher laranjas doces em um pé de limão, ok? Como indagou o Mestre dos mestres: “Pode alguém colher uvas de um espinheiro ou figos de ervas daninhas?” (Evangelho segundo Mateus 7:16b)

Da hora é vc poder dizer, um dia, como Paulo, verdadeiro modelo de super-herói: “Combati o bom combate, terminei a corrida, guardei a fé.” (II Carta a Timóteo 4:7) Então:

Você quer ser amado? Ame.
Quer ser respeitado? Respeite.
Quer ter paz? Viva em paz com todos.
Quer tirar boas notas? Estude.

Quer assistir aOs Vingadores? Véi, na boa, compre um ingresso a + e me chame… 😉

Anúncios

C-o-n-c-e-n-t-r-a-ç-ã-o !

‘Tá fazendo o maior sucesso ser lutador, não é verdade? E o nosso querido país “está muito bem, obrigado” no ranking internacional, graças, por exemplo, ao Anderson Silva, atual campeão mundial peso médio do UFC.

Quando se assiste aos rounds das diversas manifestações das artes marciais, tais como boxe, capoeira, jiu jitsu, karate, kung fu, MMA, muay thai, taekwondo, etc, percebe-se o grande nível de concentração para se acabar com a raça do adversário no ringue.

A luta exige atenção, foco, equilíbrio, além de muita força de vontade e disciplina em toda a preparação que antecipa cada campeonato. Após, é comemorar ou chorar… 🙂 x 😦

Se refletirmos sobre a prática de diversos esportes, concluiremos facilmente que o cara se ferra se não estiver concentrado. Na real, o que é concentrar-se? Segundo o dicionário, significa aplicar em um só alvo a imaginação e os sentimentos, evitando-se qualquer distração. Acredito que a razão #entenda-se:raciocínio também ajuda nessa tarefa.

Como se aprende a direcionar tudo o que somos a um(a) só lance ou coisa? Vivemos a época da multifuncionalidade #entenda-se:váriasfunções, pró-atividade #entenda-se:iniciativaparaação e resiliência #entenda-se:adaptaçãoàsnovassituações como exigências para se ter um bom perfil para o mercado de trabalho.

Mesmo assim, há funções, ações e situações que pedem uma centralização dos pensamentos para que se chegue a um bom termo. Como em desafios de lógica, que vc pode encontrar em www.profcardy.com, iguais a este:

Entre 1.000 e 2.000 existem vários números inteiros que podem ser representados como uma soma de números naturais consecutivos. Por exemplo: 1.050 = 147+148+149+150+151+152+153. Entretanto, existe UM ÚNICO número inteiro entre 1.000 e 2.000 que NÃO PODE ser escrito como uma soma de naturais consecutivos. Qual é este número?

Difícil, não é? #ficaodesafio Quem achar a resposta, please, compartilhe…

Falando em resultado, tive a grata oportunidade de responder a vários testes psicológicos, para a caracterização do meu perfil profissional, quando a empresa em que trabalhava transferiu às máquinas as atribuições de algumas funcionárias e recolocou-nos em outros setores da área administrativa. Uma das avaliações dizia respeito à concentração e obtive um nível elevado…!!!

Achei super interessante, pois passei a entender melhor alguns dos meus comportamentos. Assustar-me facilmente, ao ponto de gritar, é uma das consequências de ser assim… O bom é que consigo ler atentamente nas salas de espera dos consultórios, mesmo com outros pacientes conversando e TV ligada.

Sinceramente, não estou “me achando”; só estou apresentando os prós e os contras de ser concentrado, ok? Acredito que por ter sido incentivada à leitura desde cedo, por meus amados pais, essa característica desenvolveu-se mais que outras. Mas, abrindo o jogo: se ficar ansiosa d+ ou profundamente triste, preciso me esforçar pra alcançar esse nível… #ufa!

E vc: tem facilidade ou dificuldade para concentrar-se? Sei que ser estudante reivindica isso, principalmente na hora de prestar atenção à explicação do(a) professor(a) ou responder às questões de uma prova. E, com a velocidade do acesso às informações que vc tem o privilégio de vivenciar, seu cérebro anda a mil sempre, não é? Então, qual a solução para conseguir a concentração quando for necessária?

A vida tem tantas facetas legais, que vc pode estar pensando: “To nem aí pra esse papo! Tenho mais é que me ocupar com meus amigos, meus sonhos, minhas artes…” Peraí, amigo(a) teen, preciso lhe dizer algo: “A vida é uma dádiva, claro, com muitas emoções pra se experimentar; é, também, uma luta diária, preferencialmente carregada de esperança, mas que exige concentração para não se dar ou fazer bobeira!”

Eeeiii, pelo menos, ficou curioso(a)? Agora, vou revelar o segredo da concentração!!! Tchan-tchan: “Façam tudo com amor.” (I Coríntios 16:14) Vc pode estar cheio de ???: “Como assim?” Fique ligado na explicação, pois isso é pra valer! Quando vc está achando que encontrou o amor da sua vida e está morrendo de paixão, qual seu maior interesse? O que ocupa seus pensamentos desde o amanhecer até o entardecer? Of course, seu amor! Entendeu? Se colocarmos amor em tudo que fizermos, ficaremos realmente interessados, faremos o melhor que podemos, satisfeitos da vida…

E, para quem é cristão de verdade, acrescenta-se o prazer de estar se cumprindo o propósito para o qual fomos criados: “Assim, quer vocês comam, bebam ou façam qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus.” (I Coríntios 10:31) #aaaahhhhacholindotudoisso! Que tal praticar a concentração?

Música: vc curte?

“Wow…!” – vc pode estar pensando – “Que pergunta óbvia!”

Pois é… a música é boa pra se ouvir, pra se cantar, pra se tocar, pra se dançar, pra embalar, pra eletrizar, pra pensar, pra sorrir, pra chorar, pra presentear… Há infinitas motivações pra se gostar de música, sim!!! Ela, geralmente, nos atrai pela melodia, pelo ritmo e pela harmonia. Agora, levante a mão aquele que realmente presta atenção na letra!!!!

\o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ 

Será que isso importa? Bem, estou escrevendo sobre, após ver uma imagem publicada pelo Natan no facebook, contendo os dizeres:

Fica a dica: Quando uma pessoa pedir pra vc escutar uma música, é porque a letra é tudo o que ela queria poder te dizer!” (B.A.)

“Mmmm…” Imagine alguém interessado em outro alguém: fortaleceria essa amizade dedicar-se uma música cuja letra seja, por exemplo, como a do vídeo que segue?

😀 Ninguém, em sã consciência, enviaria uma continuidade melódica de sons onomatopeicos para declarar sua admiração colorida pelo(a) próximo(a)…  No máximo, serviria para divertir…

Eureca!!! Comprovamos, então, que é válido estar de olho vivo na letra do que se ouve, sim! Se vc, um dia, resolver ter formação superior em Música, é outra história. Aí, haverá momentos de estudo que exigirão maior atenção aos outros elementos e a letra ficará em segundo plano.

Mas, se vc é do tipo que ouve música desde o momento em que se acorda e adormece usando seu fone de ouvido – #cuidadocomaintensidadedosom! , é bom se ligar nessa parada da letra, pois consciente ou inconscientemente, isso vai se tornando parte do seu modo de encarar as coisas. Quem nunca usou uma frase ou refrão de uma canção como resposta ou comentário? Quem nunca se decidiu por algo por causa do incentivo de um trecho repetido da sua música favorita ou do hit do momento?

Todos sabemos o quanto a música ajuda em processos de memorização, na recuperação de pessoas enfermas, na engorda de porcos ou galinhas etc. Ela sempre é composta com algum propósito… Pode crer! Na boa, fica a dica: ouça músicas coerentes, decentes, bonitas, agradáveis e que sejam música de verdade = qualidade, ok? E, se for pra cantar pra louvar a Deus, então, o cuidado na seleção deve ser maior ainda = conferir com a Bíblia, sempre!!!

Para finalizar, deixo duas canções muitos legais…

A primeira, especificamente, dedicada às leitoras… 🙂

… e, para livrar a minha barra, a outra vai para os manos… 😛

Teen: Qual sua marca?

Amo adolescentes! E, tendo já recebido incentivo #principalmentedomaridão para escrever para esse público-alvo, eis-me aqui, nesta nova aventura!!! Vou aproveitar este blog para comunicar-me com eles, mais especificamente, na categoria “Para os Teens”.

Para tanto decidi que os adolescentes que, atualmente, fazem parte da minha vida serão a inspiração para a escolha dos assuntos; também uma lista de expressões juvenis está na fase infindável de recolhimento e anotação; e, ainda, acredito que a escrita de “coração para coração”, sempre buscando da Fonte Inesgotável da Sabedoria do Alto, fará a diferença na vida de, pelo menos, um deles… 😛

Então, vamos lá… O título de hoje é uma indagação baseada em uma tirinha que vi, postada no facebook pela linda Ayanne, com o claro objetivo de ironizar o consumismo de roupas de marcas famosas etc. O diálogo entre os personagens era o seguinte:

1º quadrinho:“Vejo que vc está fazendo propaganda para a Naik. Puxa, que legal… E quanto te pagam?”

2º quadrinho: “N… nada. A camiseta é assim. Me custou R$ 90,00!”

3º quadrinho: “Então vc faz propaganda para uma companhia multinacional multimilionária… e ainda por cima paga?”

E, no 4º quadrinho, o dono da camiseta está com ela nas mãos, reflexivo…

É óbvio que curtiiiiiii… Sinceramente, não acho digno priorizar-se o consumo de produtos de marca em detrimento de tantas coisas mais importantes, como contribuir com o trabalho missionário = investimento eterno. Não acho digno valorizar-se mais uma etiqueta fútil ao invés de se investir em livros #inclusiveaBíblia ou cds = cultura. Não acho digno sentir-se péssimo porque a galera mais popular despreza quem não usa a mesma marca, porque esse sentimento de inferioridade não honra aos pais = ingratidão #eseospaisdelesfalirem? .

Por falar em gratidão, tenho aprendido cada x + que faz o maior sucesso ser agradecido. Ser agradecido a Deus por tudo, aos pais, aos familiares, aos vizinhos, aos professores, aos amigos, aos colegas, individualmente e coletivamente… isso sim, deve ser uma marca! Isso sim mostra que se está pegando a rédea…! Isso sim faz perceber que não se quer viver em vão, que arrasa mesmo quem não pensa só em si mesmo… Que arrasa mais ainda quem mostra Deus na vida, é educado, gentil, honesto, verdadeiro, justo, estudioso e  que quer crescer!

Mas crescer mais no ser do que no ter… Na moral, não só eu, mas acho que todo mundo já viu ou vê que a embalagem nem sempre combina com o que está no interior, não é? Tb, nem sempre, vem cheia, como os pacotes de diversos salgadinhos industrializados, repletos de ar… 😦  Quem nunca se decepcionou com alguém que todos acham lindo(a), mas que, ao abrir a boca, não acrescenta nada? Ou então, quem não ficou triste com gente falsa e fofoqueira, que parecia ser tão bacana e correta? Afinal, o xing ling já chegou a todas as esferas…

E aí fica um aviso, cheio de amor: lembre-se que, por sermos eternos, não vale a pena investir naquilo que vai se acabar um dia.  Como no encerramento de um programa de rádio, que cresci ouvindo, repito a frase: “viva o hoje como se Cristo voltasse amanhã, mas estude / trabalhe como se Ele voltasse daqui a cem anos”… E, ainda sugiro que vc visite um cemitério e observe as lápides = morre gente de todas as idades… E se vc morrer antes de Jesus voltar? Qual marca vai deixar? Qual a sua marca?

Quero, do fundo do meu coração, que vc esteja a fim de ligar-se no sentido maior, do tipo “lembre-se do seu Criador nos dias da sua juventude, antes que o pó volte à terra, de onde veio, e o espírito volte a Deus, que o deu” (Eclesiastes 12:1,7) e que vc esteja a fim de imitar o apóstolo Paulo, que escreveu: “… trago em meu corpo as marcas de Jesus.” (Gálatas 6:17), para cantar, sempre e eternamente: ♫ ♪ Eu tenho a marca de Cristo em mim… ♫ ♪