Arquivo mensal: fevereiro 2012

Basta!

“Ainda que eu não conheça o caminho, Tu conheces bem. Isso aquieta e pacifica a alma. Afinal, é vão que ansiosamente me esforce e que meu coração palpite assustado toda hora. Tu conheces o caminho para mim, Tu sabes o tempo, Teu plano já está pronto e disponível. Louvo-Te pelo poder do Teu amor e exalto a graça que me restaurou. Tu sabes de onde o vento sopra com tanto furor e o dominas, nunca chegas atrasado. Por isso espero tranquila, porque a Tua palavra é livre de engano: Tu conheces o caminho para mim e isso BASTA!”
(Poetisa alemã Hedwig Von Reern)
Confiar plenamente, ter fé, esperança: isso é que nos permite a calma, o viver apenas o hoje, o aproveitar o presente, as oportunidades que vão surgindo, decidindo-nos com coragem, sem ansiedade e preocupação… O aspirar do cheiro em cada milésimo de segundo respirado, a visão da imagem em cada segundo assistida, o saborear do paladar em cada minuto digerido, a audição do som em cada hora ouvido, enfim, a sensação fluida do ser em cada dia vivido, são dádivas… E isso vem de Deus, que conhece o nosso caminho, o que nos BASTA!
Tenho aprendido essa lição constantemente e através de acontecimentos simples, mas sensacionais… Recentemente, fui desafiada a pular e mergulhar em uma piscina. Como não mergulhava há anos, o medo ficou rondando-me e cheguei a desistir de pular. Então, o meu Pastor Alécio Lisbôa, da Primeira Igreja Batista em Caruaru – PE, indagou-me sobre a razão da falta de coragem e desafiou-me novamente. Pensei por uns segundos e descobri que o medo maior vinha da falta de prática do segurar a respiração. Então, tentei umas três vezes, em pé, dentro da piscina. Quando percebi a facilidade, obviamente decidi pular e mergulhei algumas vezes seguidas, comemorando a sensação de vitória e superação…!!! No último sábado, vivi a mesma sensação ao aproveitar a disponibilidade de um pula-pula, pela primeira vez em meus 35 anos!!! E assim deve ser a vida: acreditando-se que Deus conhece o nosso caminho, o que nos BASTA!
A tomada de decisões, das mais simples às mais complexas, acontece diariamente. Às vezes, algumas nos paralisam, pois causam dúvidas ao se pesar os prós e os contras; outras nos tornam mais reflexivos, pois envolvem terceiros, pessoas que amamos; há também aquelas cuja escolha ou opção são dirigidas pelo bom senso; e ainda as que inconscientemente resolvemos, pela prática ou experiências anteriores… Das mais difíceis às mais fáceis, devemos sempre nos recordar que Deus conhece o nosso caminho, o que nos BASTA!
Ele, como amoroso Pai que é, nos diz sempre: “Instruir-te-ei, e ensinar-te-ei o caminho que deves seguir; guiar-te-ei com os meus olhos.” (Salmos 32:8) “E os teus ouvidos ouvirão a palavra do que está por detrás de ti, dizendo: Este é o caminho, andai nele, sem vos desviardes nem para a direita nem para a esquerda.” (Isaías 30:21) Então, “não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus.” (Filipenses 4:6,7) Porque Ele conhece o nosso caminho, o que nos BASTA!

Faça a sua lista

Estou lendo o livro “Um mês para viver” – presente do maridão -, de Kerry & Chris Shook, cuja abordagem gira em torno de se viver a vida que Deus planejou para vivermos, sem arrependimentos, mas, obviamente, com responsabilidade. O objetivo é tornar o corriqueiro magnífico, lembrando sempre que somos criados com propósitos e o tempo que temos na terra é limitado. A cada capítulo os autores lançam, pelo menos, três questões para maior compreensão sobre o que acabou de ser lido.

Uma das que respondi hoje, pedia que listasse vários itens, recursos, dons e oportunidades com os quais Deus me presenteou e os reescrevo aqui, agradecendo ao meu Criador por tudo… (Sugeriam que pensasse sobre como acreditava que Deus queria que investisse cada item, mas essa lição ainda ficará no âmbito particular. Quando o aprendizado estiver completo, se Deus permitir, compartilharei, como testemunho do poder divino em transformar-nos…!) Eis a minha lista:

  • Vida;
  • Salvação;
  • Eternidade;
  • Milagres;
  • Saúde;
  • Pais, irmãos, sobrinhos;
  • Um lar – marido;
  • Amizades antigas e novas;
  • Formação acadêmica;
  • Experiências profissionais;
  • Liberdade religiosa no Brasil;
  • Cantar no Côro da PIB Caruaru;
  • Ensinar e aprender com os teens na EBD da PIB Caruaru;
  • Ler e compreender;
  • Assistir a bons filmes;
  • Ouvir música de qualidade;
  • Cozinhar e degustar pratos diversos;
  • Comer chocolate;
  • Beber água mineral;
  • Sentir o sol e o vento;
  • Sorrir e chorar;
  • Amadurecer;
  • Escrever neste blog…

Enfim, essa lista é imensa e lembra da grande bondade do Pai para comigo… Faz com que seja mais grata e me renda, reconhecendo que dependo da Sua força e sabedoria enquanto espero nEle, pois “É poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos…” (Efésios 3:20) e disse: “Não te deixarei, nem te desampararei.” (Hebreus 13:5) Que tal fazer a sua lista também?

Para cantar: Thank You, Lord; com Don Moen.

Começo a cantar

QUANDO SURGE A VONTADE

DE BUSCAR MAIS A CADA DIA

AS COISAS QUE SÃO DE CIMA

QUE VALEM PARA A ETERNIDADE…

QUANDO QUERO A MANSIDÃO,

SER HUMILDE E AGRADECIDO,

PARECE QUE NUNCA CONSIGO

PERMANECER COM O CORAÇÃO…

QUANDO DESEJO AO PAI LOUVAR

EM ESPÍRITO E EM VERDADE

PENSAR EM TODA VIRTUDE

COM MINHA VIDA O ADORAR…

ENTÃO COMEÇO A CANTAR

E A LEMBRAR, COM CONFIANÇA

QUE EM CRISTO HÁ ESPERANÇA

PRA COM DEUS ME RECONCILIAR…

(Escrito em 2011.)

Para cantar: Viver e cantar, de João Alexandre.

Ralo de pia ou Torneira?

RALO DE PIA…

ABSORVENDO TODO O

BESTEIROL QUE VEM,

CALADO,

SEM RETRUCAR,

ENVERGONHADO,

CONFUSO

DIANTE DO RECEBER

A QUE SE CONDICIONA…

É PRECISO MUDAR

DE RALO A TORNEIRA

PARA ENTÃO JORRAR,

DEIXAR CORRER

EM TODO O TEMPO,

A QUALQUER NECESSIDADE,

URGÊNCIA OU NÃO…

A VERDADE, A PUREZA,

ÁGUA DESPOLUÍDA, TRATADA,

RENOVO E VIDA…

A SUJEIRA VAI PARA O RALO…

(Escrito em 2002.)


O Ajudador

A DOR NO PEITO

UMA INDEFINIÇÃO.

A ANGÚSTIA POR QUERER,

QUERER SABER,

QUERER CORRER,

QUERER MAIS,

MAIS DE TUDO.

QUERER DESENFREADO,

MUITAS VEZES EGOÍSTA,

DAÍ NÃO SUBLIMADO…

A DOR AUMENTA,

VÊM AS LÁGRIMAS…

COMO SABER?

COMO PEDIR?

O GEMIDO APRENDIDO, 

LOGO DECODIFICADO

PELO AMIGO,

O MELHOR AMIGO:

COMPANHEIRO ESPÍRITO SANTO…

(Escrito em 2002.)

Para cantar: Palavras, com Leila Francieli.

“E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis.” (Romanos 8:26)